textura-7

COMPORTAMENTO ÉTICO
GRI 102-16GRI 102-16. Valores, princípios e padrões de comportamento

O compromisso de atuar com base no valor Ética orienta o comportamento de acionistas, conselheiros, executivos e todos os empregados da Votorantim Metais. Em 2016, houve revisão da Política Anticorrupção e do Código de Conduta, com o objetivo de contemplar a Lei Anticorrupção do Brasil (Lei n° 12.846/2013 e Decreto Federal n° 8.420/2015). O Código, que normatiza as relações da empresa com todos os seus públicos, adaptou os temas Anticorrupção e Conflito de Interesses e passou a trazer uma abordagem mais ampla, objetiva e didática, com exemplos cotidianos dos assuntos tratados. O Código pode ser consultado em Código de Conduta.

O Código de Conduta foi entregue a 100% dos empregados e a 100% dos fornecedores (acesso via site da empresa), que firmaram compromisso de seguir as orientações do documento. Adicionalmente, os visitantes de algumas unidades da Votorantim Metais recebem cópia do Código ou assistem a um vídeo interativo. No período, não foi registrado nenhum caso confirmado de corrupção envolvendo empregados ou parceiros de negócios.

GRI 205-2GRI 205-2. Comunicação e treinamento em Políticas e Procedimentos de combate à Corrupção 205-3GRI 205-3. Casos confirmados de Corrupção e medidas tomadas pela Organização

Compliance

Em 2016, houve também atualização da Política Corporativa de Controles Internos e Compliance. Instituída em 2015, foi contextualizada para incluir aspectos como a Lei Anticorrupção do Brasil, licitações, fusão e aquisição e adequação a práticas de compliance da Votorantim S.A. Essa política orienta e estabelece princípios para definir e manter um sistema de controles internos eficaz e com base nas melhores práticas. Os processos de gestão de conformidade são de competência da área de Gestão de Riscos e Compliance, que é vinculada à Diretoria Financeira, e contam com o apoio da Auditoria Interna. A Auditoria responde diretamente ao Comitê de Auditoria do Conselho de Administração, subordinando-se administrativamente ao Diretor-Presidente.

Os trabalhos da Auditoria Interna identificam pontos de melhoria de políticas, processos ou sistemas e desencadeiam planos de ação de responsabilidade das áreas auditadas. A execução desses planos é monitorada com o apoio do sistema de gestão TeamMate, que é utilizado pelas equipes para registrar ações e documentos sobre o andamento das ações.

img11

Linha Ética
GRI 103-2GRI 103-2. Número de queixas e reclamações relacionadas a impactos ambientais protocoladas, processadas e solucionadas por meio de mecanismo formal

A Votorantim Metais mantém um canal dedicado a receber manifestações e denúncias sobre comportamentos inadequados, que pode ser acessado por seus diferentes públicos de relacionamento em todos os países de atuação. É a Linha Ética, que está disponível 24 horas por dia, sete dias da semana, pela internet (Linha Ética) ou pelo telefone (0800 89 11 729). O canal é gerenciado por uma empresa especializada (a Navex), por meio da ferramenta EthicsPoint, preservando o sigilo e a confidencialidade de quem o acessa.

Os contatos com a Linha Ética podem ser feitos para esclarecer dúvidas sobre a interpretação do Código de Conduta e para fazer denúncias relativas à integridade nos negócios (como corrupção ou suborno, lavagem de dinheiro, práticas anticoncorrenciais, conflito de interesses, etc.) ou que dizem respeito a temas como relatórios financeiros, contábeis e de auditoria; meio ambiente, saúde e segurança; diversidade e respeito no local de trabalho; e uso ou apropriação indevida de bens ou informações da empresa.

img12
img13

A apuração é feita pela Auditoria Interna, que inclui nesse processo as áreas relacionadas. Os reportes são encaminhados para o Comitê de Auditoria e, dependendo de sua natureza e da gravidade, o tema envolve as áreas de Compliance e Jurídico e o Diretor-Presidente. As denúncias são levadas ao Comitê de Conduta, instância presidida pelo gerente-geral de Auditoria Interna e integrada pelo Diretor-Presidente, diretores e gerentes de diferentes áreas.

Esse comitê atua em apoio à gestão, como um fórum de discussão de denúncias de desvios de comportamento recebidas pela Linha Ética. Analisa as ações a serem tomadas e encaminha sugestões de soluções (como advertências, reforço de treinamento e outras providências, incluindo desligamento de empregados e rompimento de contrato com fornecedores). Relatos ligados a assédio e abuso de poder também podem ser avaliados e revertidos em ações de melhoria pela área de Desenvolvimento Humano e Organizacional (DHO).

Todos os que apresentam uma manifestação, independentemente de se identificarem ou não, recebem uma senha no processo de registro, que permite acompanhar a solução dada ao processo.

A Linha Ética recebeu 164 relatos em 2016 e a média de resolução e/ou encerramento no período foi de 30 dias (42 dias no ano anterior):

Relatos no canal de Linha Ética em 2016
GRI 103-2GRI 103-2. Número de queixas e reclamações relacionadas a impactos ambientais protocoladas, processadas e solucionadas por meio de mecanismo formal

tabela-4

Entre os comunicados considerados procedentes, improcedentes e em análise, 91 se referiram a casos de discriminação. Quando considerados procedentes, as medidas corretivas compreenderam advertências verbais, suspensões e transferências.

Relatos de discriminação no canal de Linha Ética
GRI 406-1GRI 406-1. Número total de casos de discriminação e as medidas tomadas

tabela-5

Entre os 17 relatos de discriminação considerados procedentes, 2 referiam-se a assédio e abuso de poder e 15 a outros aspectos (perseguição, violações das leis trabalhistas, conflitos de interesse, desrespeito, discriminação, acusações ou associados a saúde, segurança e meio ambiente). Reclamações e denúncias relacionadas a outros aspectos são dirigidas ao Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), no caso de clientes, fornecedores ou comunidades, ou à área de Desenvolvimento Humano e Organizacional (DHO), quando o tema diz respeito a questões trabalhistas.

Em 2017, será implementado o novo Código de Conduta e haverá reforço na comunicação para aprimorar o entendimento do uso da Linha Ética.

Direitos humanos

O tema direitos humanos foi especificamente abordado em atividades que somaram 311 horas de treinamento e envolveram 612 empregados, o equivalente a 11% do total. O treinamento no módulo de Relações Trabalhistas e Legislação do Trabalho, dentro do Programa Cultivando Lideranças, deu ênfase aos temas sobre aspectos trabalhistas envolvidos na questão de assédio, abuso de poder, medidas disciplinares, estabilidades legais, cotas legais, etc., integrando um total de 36 participantes e 272 horas de formação.

GRI 412-2GRI 412-2. Número total de horas de treinamento de empregados em políticas de direitos humanos ou procedimentos relacionados a aspectos de direitos humanos relevantes para as operações da organização, incluindo o percentual de empregados treinados.
img14
Free WordPress Themes, Free Android Games