textura-7

GESTÃO DE RISCOS E OPORTUNIDADES
GRI 102-15GRI 102-15. Descrição dos principais impactos, riscos e oportunidades

img15

Em alinhamento com o planejamento estratégico, houve em 2016 um novo mapeamento de riscos, no qual foram reavaliados os riscos operacionais em todas as áreas corporativas e unidades operacionais, assim como identificados e validados aspectos avaliados como estratégicos. Para cada um deles foi definido um plano de ação, sob responsabilidade do diretor da área representada, com prioridade a elevar o grau de maturidade sobre processos de prevenção, mitigação e redução de impactos e ampliar a cultura de riscos na empresa. Além disso, Gestão de Riscos foi incluído como um dos viabilizadores para a concretização da estratégia empresarial, reforçando a importância desse tema nos objetivos da Votorantim Metais.

O trabalho motivou a elaboração de uma Política de Gestão de Riscos de Negócios (Enterprise Risk Management – ERM), com abrangência sobre aspectos estratégicos e operacionais, que é aplicada para subsidiárias e controladas. Aprovada pelo Conselho de Administração, a política estabelece diretrizes e responsabilidades, além de orientar os processos de identificação, avaliação, tratamento, monitoramento e comunicação dos riscos inerentes às atividades. O objetivo é incorporar a visão de riscos à tomada de decisões estratégicas, com a adoção das melhores práticas de mercado.

No ano, também foi revisada a Política de Risco Financeiro, que estabelece padrões e limites de exposição a fatores que podem afetar o desempenho da companhia, a exemplo de juros, câmbio, operações com derivativos e aplicações financeiras.

A área de Riscos e Compliance atua sobre cinco grandes temas – Compliance; Riscos de Negócios (operacionais e estratégicos); Controles Internos; Riscos Financeiros; e Governança – e o trabalho é acompanhado pelo Comitê de Auditoria. Em 2016, os integrantes do comitê visitaram as unidades de Cerro Lindo, Juiz de Fora e Cajamarquilla para identificar os principais riscos dessas operações e os controles adotados. As iniciativas de gestão de riscos e os planos de ação são acompanhados pelo Conselho de Administração e constam de apresentação periódica feita aos conselheiros.

Para 2017, os principais desafios envolvem a elevação do grau de maturidade e da cultura de riscos na organização, mantendo o alinhamento com o planejamento estratégico.

Principais riscos mapeados

Volatilidade das commodities e do câmbio

As negociações são baseadas nos preços divulgados na London Metal Exchange (LME), bolsa de commodities de metais em Londres, na qual os preços são negociados em dólares e apresentam variabilidade, como reflexo de oferta e demanda dos metais e do ambiente econômico mundial. O movimento de queda nas cotações pode impactar negativamente os resultados da empresa. Adicionalmente, como parte substancial da receita e da dívida da companhia é denominada em dólares americanos, mudanças nas taxas de câmbio podem resultar em aumento da dívida líquida e redução nas receitas em moedas nacionais (real, no Brasil).

Para diminuir o impacto dessas flutuações sobre o fluxo de caixa e seus componentes operacionais, faz-se necessário gerenciar o risco de mercado, podendo ocorrer a contratação de operações de derivativos (hedge), de acordo com as políticas financeiras aprovadas no Conselho de Administração.

img16
img17

Dificuldade na obtenção e renovação de licenças de operação

As operações da Votorantim Metais dependem de autorizações e concessões obtidas de órgãos reguladores governamentais nos Estados de atuação, além de estarem sujeitas às leis e regulamentações de diversas jurisdições, as quais podem ser mudadas a qualquer momento – o que exige modificações nas tecnologias e operações, resultando em despesas inesperadas.

Algumas concessões de mineração da empresa estão sujeitas a datas de vencimento fixas e por período limitado. Além disso, é possível que a Votorantim Metais tenha que obter várias autorizações, licenças e permissões de órgãos governamentais e reguladores relativas a planejamento, manutenção e operação das minas, bem como para sua infraestrutura logística. Para mitigar esses riscos, a companhia tem controles e processos de verificação das autorizações, faz o acompanhamento contínuo de suas atualizações e segue todas as exigências legais.

Escassez de reservas e recursos minerais

A atividade de mineração depende da disponibilidade de reservas e recursos minerais. Para isso, a empresa investe em exploração mineral para identificar novos corpos minerais que permitam ampliar a vida útil das minas em operação, desenvolver projetos greenfield existentes e acrescentar novas reservas e recursos ao portfólio da Votorantim Metais com a prospecção de novas áreas com potencial para a mineração. Os planos de lavra das unidades em operação são constantemente revisados para mitigar o risco de escassez de reservas e recursos. (Mais informações em Estratégia/Crescimento.)

Redução da competitividade devida ao não desenvolvimento em Tecnologia e Inovação

A falta de novas tecnologias e inovação pode afetar profundamente o resultado das operações de mineração e metalurgia, acarretando impactos negativos em produtividade, custo de produção, segurança, estabilidade das operações e ambiente de trabalho, comprometendo as operações atuais e com potencial de inviabilizar a execução de novos projetos. Com o intuito de mitigar esse risco, a empresa incentiva e desenvolve projetos que visam à implementação de novas tecnologias em processos e automação que proporcionem aumento de produtividade e competitividade. (Mais informações em Estratégia/Inovação.)

img18

Dificuldades com a infraestrutura logística

A infraestrutura logística é indispensável para o processo produtivo, e a não garantia de transporte para acesso aos insumos e produtos acabados pode acarretar atrasos e aumento dos custos, além de afetar a reputação da empresa e a relação com os clientes. Para mitigar o risco de aumento de custos ou falta dos insumos, há um planejamento integrado das áreas de Logística, Operação e Comercial, para estabelecer uma visão mais ampla, possibilitando o uso de diferentes modais e a identificação de alternativas para a movimentação de insumos e produtos acabados. (Mais informações em Estratégia/Eficiência operacional.)

Impactos na comunidade

A relação entre a mineração e as comunidades em seu entorno é influenciada por fatores diversos, como tendências externas de mercado, cenários macroeconômicos, definição e gestão de políticas públicas, nível de participação cívica, estrutura e características dos empreendimentos. A Votorantim Metais tem investido na caracterização socioambiental das comunidades como forma de construir agendas de desenvolvimento em conjunto com as populações locais, reforçando o relacionamento com as novas comunidades do entorno, e na concessão da licença social. Com isso, eleva seu relacionamento e mitiga possíveis riscos, como acidentes que podem significar impacto na saúde e na segurança dos moradores, desapropriação territorial, carência de infraestrutura provocada pela migração de pessoas, podendo causar suspensão das atividades da empresa.

Compliance

Diante dos desafios atuais do negócio e em linha com os Valores e Crenças, a Votorantim Metais estabeleceu o Programa de Compliance, que está sendo implementado de forma gradativa, com o objetivo de fortalecer a conformidade de toda a organização. Para a empresa, estar em conformidade significa capturar, entender e aplicar leis e regulamentações pertinentes ao negócio, bem como seguir as políticas definidas. O Programa de Compliance foi criado e estabelecido para amparar todas as funções relativas à compliance, ao mesmo tempo em que define os principais temas acompanhados pela área de Governança, Riscos e Compliance.
Atualmente, o programa concentra esforços nas frentes trabalhistas, anticorrupção e de saúde e segurança, além de disseminar o Código de Conduta, revisto em 2016.

Gestão da estrutura de capital inadequada à estratégia de crescimento

A gestão da estrutura de capital (composição do endividamento de curto e longo prazo e capital próprio) é essencial para o desempenho empresarial. A inadequação da estrutura de capital ou do perfil de dívida pode levar a problemas e impactos abrangentes, como grande aumento nas despesas financeiras e deterioração dos índices de alavancagem. Essa situação tende a
representar maior dificuldade na tomada de novos empréstimos, a não potencialização do retorno para os acionistas e falta de capital para atender ao plano estratégico. Para mitigar esse risco, a empresa monitora constantemente seu perfil de endividamento e atua fortemente na preservação do caixa.

img19

Dificuldades no desenvolvimento de projetos

Os projetos da Votorantim Metais estão sujeitos a riscos operacionais que podem resultar em aumento de custos ou atrasos que impeçam sua implementação. Além disso, estão expostos a uma série de fatores com potencial de afetar de forma relevante e adversa as perspectivas de crescimento e rentabilidade, como: custos elevados e atrasos maiores do que o esperado na obtenção de equipamentos, licenças e outros; falta de infraestrutura para desenvolver os projetos de acordo com o calendário; alterações nas condições ou regulamentos do mercado, tornando o projeto menos lucrativo; acidentes; desastres naturais; falhas de equipamentos; conflitos com comunidades locais, entre outros. Para mitigar o efeito desses riscos, é mantido um planejamento detalhado, com levantamento de impactos, riscos e oportunidades econômicas, sociais e ambientais, engajamento de comunidades locais, e são adotadas tecnologias de ponta capazes de aumentar as probabilidades de sucesso na implantação de projetos, com foco em mineração. (Mais informações em Estratégia/ Crescimento/ Projetos greenfield.)

Uso insustentável de água e energia

A água é insumo essencial para os processos produtivos de mineração e metalurgia, e sua escassez pode afetar significativamente a produção. A empresa faz a gestão integrada para o uso sustentável de água e energia por meio do mapeamento e controle de riscos e adotação de práticas que incluem metas de recirculação de água, redução de consumo de água nova e gerenciamento de um portfólio de energia composto por usinas hidrelétricas de coprodução e contratos de fornecimento de longo prazo. (Mais informações em Ambiental.)

img20
img21

Rompimento de barragens

Um dos principais riscos associados às atividades de mineração e de metalurgia é o de rompimento das barragens de rejeitos, que apresenta elevado potencial de impacto econômico, social e ambiental, principalmente para as comunidades mais próximas às operações. A Votorantim Metais conta com um sistema de gestão de barragens que estabelece os procedimentos para garantir o funcionamento dessas estruturas de forma segura, tais como regras de monitoramento, inspeções, avaliações estruturais e conformidade com a legislação ambiental. (Mais informações em Ambiental.)

img22
img23
img24

Saúde e segurança

As atividades de mineração e metalurgia estão associadas a diferentes situações de risco que podem causar danos à saúde e à segurança de empregados, terceiros e moradores das comunidades no entorno das operações. Esse tema é prioritário para a Votorantim Metais, que investe de forma contínua no aprimoramento de suas práticas, no mapeamento desses riscos e no fortalecimento da cultura da segurança em toda a organização. O tema também está atrelado às metas dos executivos e gestores, e faz parte da rotina de reuniões e discussões da alta liderança. (Mais informações em Pessoas/Saúde e segurança.)

img27
img25

Impactos no meio ambiente

Os potenciais impactos ambientais das operações de mineração e metalurgia envolvem a emissão de poeira e materiais particulados, ruídos, vazamentos e derramamento de substâncias que podem causar danos ao ecossistema, como a alteração da qualidade do ar e a contaminação do solo e da água, entre outros. O mapeamento desses riscos é parte do Sistema de Gestão Ambiental Integrado da empresa, com controles estruturados nas áreas corporativas e em todas as unidades operacionais. Esse sistema conta com módulos específicos para assuntos como recursos hídricos e barragens, resíduos, controle da poluição, planos de fechamento de operações, gestão de recursos naturais e gestão dos ecossistemas, e seus procedimentos passam por revisão e aperfeiçoamento contínuos.

img26

Impactos na operação causados por explosões, perda de equipamentos críticos e falhas operacionais

A Votorantim Metais utiliza diversos equipamentos relacionados ao processo produtivo em todas as unidades operacionais. Falhas ou interrupções desses equipamentos podem resultar em perdas financeiras, em danos ambientais, além de colocar em risco a saúde e a segurança dos empregados. Assim, os especialistas da empresa estão cada vez mais engajados na análise e prevenção desses riscos, focando principalmente o cumprimento de normas regulamentares e a manutenção contínua dos equipamentos. Além
disso, planos de contingência são desenvolvidos para retomar o fluxo normal das operações, e seguros são continuamente renovados para mitigar parte das possíveis perdas financeiras.

Free WordPress Themes, Free Android Games