textura-7

INVESTIMENTOS

Investimentos
(US$ milhões)

grafico-12

Despesas com projetos em estágio preliminar
(US$ milhões)

grafico-13

Investimentos em 2016

grafico-14

Expansão
Não expansão

img40

Alinhados ao direcionamento estratégico, os investimentos de 2016 somaram US$ 183 milhões. Do total, 27% foram alocados em expansão, principalmente em projetos brownfield, ligados à extensão da vida útil das minas em operação no Brasil e no Peru.

Mais US$ 46 milhões foram despendidos em iniciativas de desenvolvimento dos projetos greenfield, cujo estágio prematuro exige que esse montante seja reportado separadamente como despesa operacional, de acordo com as normas contábeis International Financial Reporting Standards (IFRS).

Investimentos em modernização e manutenção representaram 43% dos recursos aplicados em 2016, permitindo ganhos de escala nas minas, principalmente em Cerro Lindo (Peru), e também nos smelters. Saúde, segurança e meio ambiente receberam 29% das inversões e 1% foram destinados a outros investimentos.

Em exploração mineral, espera-se um aumento de 25% a 35% nos investimentos, com foco na identificação de recursos minerais nas proximidades das minas em operação e no desenvolvimento dos principais projetos greenfield.

Free WordPress Themes, Free Android Games